Blog

A OSTEOPOROSE UMA DOENÇA SILENCIOSA

 

A OSTEOPOROSE E
UMA DOENÇA SILENCIOSA

O que é?

Doença que diminui a massa óssea, tornando os ossos ocos, frágeis e finos. Afeta, sobretudo, mulheres na menopausa e idosos de ambos os sexos.

O risco de fracturas é enorme, podendo ocorrer em qualquer osso, mas sobretudo na anca, vértebras e punho.

 

Captura de Tela 2017-10-18 às 22.41.14

 

Prevenir e tratar

Pode ser prevenida e tratada. Basta seguir um estilo de vida saudável com exercício físico regular e uma alimentação rica em cálcio e vitamina D.

Sintomas

.Dores nas costas, súbitas e intensas;

.Fraturas ou pequenos traumatismos;

.Aparecimento de corcunda ou ombros descaí dos para a frente;

.Perda de altura;

Consequências comuns no dia a dia

Não consegue chegar aos armários como antes, a roupa deixa de assentar bem, a gola fica mais afastada da nuca, os casacos levantam atrás e as saias empinam à frente, .sente-se enfartado mesmo com pouca comida, por vezes tem a sensação que as costelas o estão a furar e a mobi- ilidade diminui drasticamente;

A forma do corpo muda

.a altura diminui;

.a parte de cima das costas arredonda e a cabeça e os ombros inclinam para a frente;

.as costelas encostam nos ossos da bacia;

.a cintura alarga;

.o abdómen fica proeminente;

.a zona lombar fica mais plana;

Captura de Tela 2017-10-18 às 22.41.23

Factores de risco não modificáveis

.sexo feminino: 1 em cada 3 mulheres, para 1 em cada 8 homens;

.idade;

.raça branca ou amarela;

.historia familiar de fracturas;

.pequena estatura;

A solução está ao seu alcance!

  1. Vida Saudáveí
  2. AÍimentação cuidada e adequada
  3. ExercícioJ-ísico reguiar e controCado
  4. 4.Rastreios ajjartir de certa idade ou fogo que surja o Io sintoma

Factores de risco modificáveis

.dietas pobres em cálcio;

.magreza excessiva (IMC inferior a 19); .tabagismo e consumo excessivo de álcool; .excessivo consumo de cafeína;

.vida sedentária;

.imobilização prolongada;

.utilização de certos fármacos: corticosteroides, antidepressivos…

.algumas doenças (hipertiroidismo…); .menopausa precoce;

Exercício físico e osteoporose

A prática regular de exercício deve ser uma constante dos ossos.

Mas, mesmo que já tenha osteoporose ou tenha sofrido vai ajudar:

.a manter a massa óssea;

.manter e/ou aumentar a massa muscular;

.a reduzir o risco de ter novas fraturas;

.a melhorar a força e a postura;

.a melhorar o equilíbrio;

.a reduzir as dores nas costas;

.a prevenir ou diminuir as deformações;

.a ter mais agilidade, mais força e qualidade de vida;

Que tipo de exercícios fazer?

Nem todos os exercícios são bons para a osteoporose. Os melhores exercícios são os efetuados com cargas, usando equipamentos e/ou pesos livres

Também a marcha em máquinas ,ou qualquer aula de baixo impato em ginásio, são boas opções. A natação, por não ser feita em carga , não é o ideal. Só em casos muito especiais em que houve fraturas constantes ou vertebrais.

Pessoas com osteoporose avançada deveriam fazer exercício acompanhado. Só deste modo se podem reduzir os riscos inerentes a movimentos que possam agravar o problema ou facilitar quedas exemplo: marcha no exterior em piso irregular.

A musculação e a osteoporose

E o exercício ideal para prevenir e tratar a osteoporose!

Está considerado o exercício físico mais eficiente no tratamento e prevenção da osteoporose. Aumenta a força e a resistência musculares, o que vai provocar um aumento da densidade óssea mineral, deixando o esqueleto mais resistente a fraturas e deformações.

Os testes de despiste de osteoporose são indispensáveis. Osteodensitometria é o aconselhável se já há indícios. Um radiograma da coluna dorsal e lombar pode mostrar algum sintoma.

Mas não esqueça que

A OSTEOPOROSE E UMA DOENÇA SILENCIOSA

 

MJ.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *