Blog

Rita Guedes

Rita Guedes

A Rita é a professora do mês de Abril! Viemos saber mais sobre esta instrutora do Central Fitness.

 

Como foi a tua 1ª aula como instrutora?

A minha primeira aula correu bem, apesar de estar extremamente nervosa. Lembro-me que foi de Aeróbica, num ginásio onde estagiei um ano. O facto de conhecer as pessoas e o espaço deixava-me ligeiramente à vontade, mas a minha mania do perfeccionismo e perfeição, fazem com que eu,por vezes, ainda hoje, sinta borboletas no estômago em algumas aulas que dou.

Como aluna, nas aulas coreografadas, inicialmente também andavas sempre ao contrário dos outros ,ou eras craque e apanhavas tudo à primeira?

Sempre fui bastante cordenada. As vezes apanhava à primeira, outras vezes apanhava à segunda. Com a insistência e a prática, cada vez me fui tornando melhor. A minha primeira aula coreografada foi Power Jump. Mas assim a que me deu mais trabalho foi Step com o Miguel Quintas, que era um querido de paciência…

 

Também te apaixonaste por algum instrutor?

Não, nunca. Sentia admiração por alguns. Ainda hoje sinto. Mas nunca me apaixonei por ninguém do fitness.

 

Porque escolheste esta profissão?

Engraçado. Escolhi esta profissão no Central Fitness precisamente. Lembro-me que acabei o 12º e candidatei-me à faculdade para jornalismo. Não entrei. Então fiquei um ano a fazer melhorias de notas, e o meu irmão aconselhou-me a inscrever-me num ginásio. Eu sempre pratiquei exercício físico. Mas foi sempre na escola. Jogava futebol, e participava nos campeonatos de lançamento de peso, salto em comprimento, meio fundo e corta mato. Mas nunca tinha entrado num ginásio. Decidi nesse ano inscrever me no Central e logo percebi que ADORAVAAAAA aquilo. Passava ali grande parte do tempo, cerca de 3 a 4 horas por dia. Até que um dia, ao passar pelo quadro dos recados, li num post que lá estava referente a uma escola de Fitness: FAÇA DO SEU HOBBIE A SUA PROFISSÃO. E pronto. Não tive mais dúvidas. Era aquilo que eu queria para mim.

 

Se não fosses instrutora de fitness o que estarias a fazer hoje?

Jornalismo talvez. Ou teatro que foi outro curso que tirei.

 

Os horários de trabalho de um instrutor são tramados!  O que faz o teu namorado quando chegas a casa todos os dias às tantas?

Por norma saímos juntos do ginásio porque felizmente ele também treina depois do trabalho. Aliás, até chega a fazer as minhas aulas e tudo. Logo, quando eu acabo as minhas aulas, ele está a acabar o treino dele também. Tudo harmonioso 😀

 

De todas as atividades que dás, qual a que te dá mais prazer?

Eu adoro todas, mas sem duvida que é a dança. Aliás, nota-se bem. O ano passado, convidei os meus alunos do spinning a irem fazer uma aula minha de dança, ao ar livre, e lembro-me perfeitamente do comentário de uma delas: “ahhhh tu não gostas de spinning, deu para ver isso perfeitamente hoje. Tu gostas é disto”.

 

Treinas?  Isto é,  para além das aulas fazes o teu treino pessoal? E dietas?  Conta tudo…

As aulas não são treinos. Embora muitas tenhamos que as fazer, sim, eu faço o meu próprio treino. Treino 4 vezes por semana. Em relação a dietas, sim, tenho cuidado com a alimentação, não como carne por opção, mas como sou gulosa (bastante), um dia por semana, que normalmente é ao domingo, tenho de comer uns docinhos hihiihhihii

 

O fim de semana , ou melhor, os dias em que não dás aulas, servem para te atirares para cima do sofá e entrares em processo “zen” dorme/acorda?

O domingo sim. Cama, cozinha, sofá repeat. O Sábado ainda dou aulas de manhã, portanto de tarde aproveito para passear e à noite para sair e sentir-me um bocado “humana” eheheheh

O mais importante da tua vida?

Fazer tudo com paixão. Amor.

 

O teu hobby?

Hummmm, desporto eheheheh. Estar com amigos, família, etc .Passear os meus cães. Apanhar sol.Tanta coisa que gosto de fazer…. AH. E comer!!!!!

 

Obrigado Rita!

 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *